21.6.08

Dose Dupla

Já estão abertas as inscrições para os meus próximos 2 Workshops de "Ilustração Para Livros Infantis", a realizar no Centro de Investigação e de Estudos Arte e Multimédia (CIEAM) da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, de 28 de Julho a 1 de Agosto de 2008. Como já vos tinha dito aqui, desta vez os interessados poderão optar pelo horário normal (total 35 horas) ou pós-laboral (total 20 horas). As entrevistas de selecção estão a ser marcadas para daqui a um mês, no dia 21 de Julho de 2008. Como de costume, os candidatos poderão inscrever-se via e-mail ou pessoalmente no CIEAM.

Para mais informações: CIEAM / Largo da Academia Nacional de Belas-Artes, 1249-058 Lisboa / Tel. e Fax 213 252 135 / cieam@fba.ul.pt
---
As I mentioned previously here, the submissions for my next two Workshops (for illustrated Children´s books and Newspaper illustration) at the Art and Multimedia Research and Study Centre (CIEAM) that is located at the Fine Arts University in Lisbon, have just opened!

For more information, please contact: +351 213 252 135 /
cieam@fba.ul.pt

8 comments:

CatarinaGarcia said...

Pelos seus trabalhos e pelos dos seus alunos fiquei mesmo muito interessada no workshop de ilustração. Já há bastante tempo que queria entrar num assim, espero que seja desta! Bem-haja e parabens pelo seu trabalho.

Richard Câmara said...

Olá Catarina,

Muito obrigado pelo teu comentário, visita ao blog e interesse no meu trabalho.
Sobre o teu desejo em frequentar um dos próximos workshops de Julho, faço votos que assim seja!
Espero ver-te nas entrevistas com o teu portfólio.

Boa sorte
Richard

TOFAS said...

Olá
Tenho muito pouco tempo disponivel para poder ir ao workshop, pois tenho 3 filhos e trabalho, gostaria muito de poder um dia aprender ilustração.
Não existe nenhuma possibildade de o fazer online, ou de assistir a um x numero de aulas e ir desenvolvendo o trabalho em casa?
Ou conhece algum curso que se possa ir fazendo online?
Obrigado

Richard Câmara said...

Olá Tofas,

Talvez existam outros cursos/workshops que se possam desenvolver à distância, mas sinceramente não te sei dar nenhuma referência, nem sequer te posso garantir que valha a pena, porque nunca fiz nenhum nessas condições.

No caso dos meus workshops é mesmo imprescindível que estejas presente, porque todo o trabalho que os alunos desenvolvem (a partir do programa que consta em anexo com a ficha de inscrição do CIEAM) tem sempre uma dupla vertente: uma aprendizagem individual e em grupo.

No fundo, estes workshops procuram recriar de uma forma muito prática e directa, o que seria estar a trabalhar profissionalmente como ilustrador: desde a encomenda, passando pelo desenvolvimento do teu trabalho até à entrega final para impressão.
Só que com a vantagem de ser num espaço de trabalho colectivo, o que nem sempre acontece na vida real, visto que muitos ilustradores trabalham a solo. Estares neste espaço de trabalho durante uma semana dá-te a oportunidade de aprender com o desenvolvimento do teu projecto e o dos outros alunos, com tudo o que se está a passar à tua volta. Tudo isto a partir do programa que podes pedir ao CIEAM e sob a minha orientação.

Em Julho irão decorrer dois workshops em simultâneo e um deles tem um horário pós-laboral, pensado para pessoas na tua situação: de 28 de Julho a 1 de Agosto, de 2ª a 6ª, das 18h às 22h.

Talvez tenhas a hipótese de te inscrever nesse?

As entrevistas (com portfólio) são no dia 21 de Julho, mediante inscriç4ao prévia no CIEAM (por telefone ou email).
Se não puderes mesmo assim ir ao workshop, mas quiseres passar por uma entrevista/conversa para tirar eventuais dúvidas sobre este assunto, passa por lá e falamos durante um quarto de hora.

Espero que tenha podido ajudar-te.
Boa sorte

Richard Câmara

Salomé Letras said...

Olá. No decurso de uma conversa de tive com o Cieam soube que não fui seleccionada para o Workshop e por sugestão do Filipe, estou a escrever no sentido de saber se valerá a pena inscrever-me de uma próxima vez. Confesso que fiquei bastante desiludida porque já desde o ano passado que queria ter tirado este Workshop e por motivos de horário não pude fazer inscrição anteriormente. Assim que soube que voltaria a haver, coloquei férias para ter total disponibilidade.

É uma área que estou a explorar e tem uma importância extrema para mim, daí que após ter tirado o curso de Ilustração, comecei a investigar que mais cursos e workshops estariam relacionados. No entanto, pouco ou nada existe e estava com tanto estímulo a pensar que ia mesmo fazer workshop que, a desilusão foi ainda maior.

Portanto a minha dúvida reside se reúno condições, não sei qual o critério de selecção, para poder um dia fazer este workshop. Se valerá a pena esperar por uma próxima oportunidade ou se apenas não fui seleccionada porque havia muitos outros a inscreverem-se pela 2ª e 3ª vez.
Gostava mesmo que me pudesse elucidar porque assim tento encontrar outra alternativa e afasto a ideia de uma próxima vez tentar e ser rejeitada novamente porque não cumpro os requisitos.
Obrigada!
Cumprimentos,

Salomé Letras

Richard Câmara said...

Olá Salomé,

Das 83 entrevistas marcadas para as 26 vagas previstas (2 turmas de 13 alunos), houve 5 pessoas que não compareceram, 52 que foram seleccionadas e 31 que ficaram de fora. E apesar dos workshops terem sido duplicados para uma segunda semana para poder receber o dobro de alunos, houve mais 30 pessoas que, como tu, infelizmente não poderão participar nestes workshops de Julho e Agosto.

O facto de não teres sido seleccionada não deve nem pode, a meu ver, desmotivar-te ao ponto de deixares de querer atingir o teu objectivo. Se queres realmente fazer estes ou quaisquer outros workshops deves inscrever-te. Porque se não te inscreveres nunca poderás participar, certo? Como vos disse a todos durante as entrevistas, "não" é a palavra que mais irão ouvir no mercado de trabalho e não podemos por isso ficar desmotivados à primeira contrariedade. Se tu tens o desejo de frequentar o workshop deves reflectir sobre a entrevista, o teu trabalho, o teu portfólio...etc. para ver o que eventualmente poderias melhorar numa próxima oportunidade.
Não deves ver as entrevistas como um fim em si, mas como um meio de atingires o teu objectivo.

Nesta altura podes focar as tuas energias na "desilusão" ou tentar tirar partido desta experiência para aprender e melhorar. Mas tudo isto tem que partir de ti. Eu não posso dizer-te para te inscreveres, da mesma maneira que não posso fazer o workshop por ti. A primeira pessoa a ter que lutar pelos teus objectivos, acreditar no teu trabalho e defender o teu portfólio: és tu. Nunca te esqueças disso.

Não há duas entrevistas ou dois portfólios iguais. Os próprios portfólios não são documentos estanques, acompanham o teu percurso e evoluem em função do teu trabalho, tendo que ser pensados ao fim a que se destinam. Quando te candidatas a uma colaboração, participas num concurso ou passas por uma entrevista, corres sempre o risco de não ser aceite. Mas pessoalmente, prefiro sempre correr esse risco e ser "rejeitado" do que ficar eternamente na dúvida...
Faço minhas as palavras do Franklin Roosevelt que dizia que "a pior coisa na vida não é não conseguir, mas nunca sequer ter tentado..." e sobretudo do Winston Churchill quando disse "Nunca, nunca, nunca, nunca desistam".

Agora és tu quem decides se queres ficar parada no passado (que como sabes "passou"...) ou começar desde já a pensar no futuro.
Eu, apostaria sempre no futuro... E isto é válido para todos os que ficaram de fora desta vez.

Cumprimentos
Richard Câmara

joana viegas said...

olá, richard!
parabéns pelo teu trabalho de professor no workshop! espero não ter sido dura demais nos comentários...
ainda não sei qual é a melhor forma de fazer chegar o meu trabalho às editoras, revistas...
fazer nem parece difícil mas depois as entrevistas e os contactos é q é pior...
e não te esqueças de mandar os contactos dos colegas, tá?

bjs,
joana

Richard Câmara said...

Olá Joana,

Obrigado :) Ainda bem que gostaste da semana intensiva do workshop. Tentei ser sempre exigente, mas nunca injusto...

E o mesmo se aplica aos comentários, porque sem eles não teria maneira de evoluir e melhorar estas acções de formação.

Quanto à melhor forma de divulgar o teu trabalho, passar pelas entrevistas e fazer os respectivos contactos, basta...começar!

O que custa mais é o primeiro passo, mas depois disso vais ver que vale a pena. Organiza o teu trabalho, selecciona quem queres contactar, disponibiliza-te para entrevistas, e faz uma coisa de cada vez, com a consciência que é uma corrida de fundo e os resultados não são imediatos...

Logo que possível envio-vos os contactos uns dos outros por email.

Um bj e continuação de bom trabalho!

Richard