20.4.12

Saudades das Ermidas do Sado



A horta do Sr. Manuel ("Blé" para a família e amigos, que segundo me disseram é um diminutivo comum de "Manuel" no Alentejo) está a seu cargo desde 1976. Tudo tem uma ordem e um propósito, mesmo que escape ao meu olhar mais citadino... Mais uma oportunidade de tentar registar o que só pode ser realmente visto, vivido e compreendido se estivermos lá... o resto, são só desenhos...
---
Mr. Manuel´s fruit and vegetable garden in the outskirts of Ermidas do Sado, that "Blé" (short name for "Manuel") has been taking care of with a great deal of love since 1976. Another opportunity to sketch and attempt to show you what can only be seen, experienced and understood if you really are there ...

6 comments:

Silvia Mota Lopes said...

esse verde...faz-me lembrar a minha infância na quinta do meu avô ( Soutelo) Vila Verde. Desde desfolhadas a vindimas, desde a ameixas ainda quentes do sol, as idas ao rio por caminhos e bouças...as jogadas de carapô com o meu avôque para mim duravam um tempo infinito( foi aí que desenvolvi a minha paciência), sentada no "sublime" cadeirão a jogar solitário e a fazer paciências, a desenhar, a comer sete pratos de sopa à lavrador e três vezes pica no chão ( que eu chamava de arroz de chocolate...gulosa como sempre!
partidas de matrecos antes do jantar....o cheiro e a iluminação das lamparinas...nossa que saudade!
o penico à minha beira para não ter que ir às escuras à enorme casa de banho, onde reinava a banheira com pernas....a imaginação fértil a funcionar quando olhava para aquele monstruoso guarda-fatos brilhante quando a luz do dia refletia formando sombras de rostos assustadores e enfiava-me por baixo dos cobertores cheia de medo...que saudade! Nem um fado consegue transmitir a verdadeira saudade apenas as nossas vivências!

Richard Câmara said...

Isso dava uma excelente história para ser ilustrada... :)

Silvia Mota Lopes said...

:)

Inês L. said...

Não conheço pessoalmente a Silvia, mas o que conta é absolutamente delicioso! Fico muito contente de ver que os teus desenhos Richard da nossa ida ao Alentejo da minha infância suscitam tão boas recordações!Assim é que a partilha vale a pena :)

Richard Câmara said...

:)
Até junho ;)
Bjs!

Silvia Mota Lopes said...

Obrigada Inês:) Quando li o teu comentário a lagrimita escapuliu:)
Tenho mesmo muitas saudades daqueles dias de verão, a última vez que lá fui estava grávida da Alícia( mesmo no 1º mês) e andava a tirar da parede fotografias do meu avô do tempo de estudante em Coimbra... os únicos habitantes daquela casa agora são os ratos....mas mais importante que a visualização física, são as recordações que ficam na nossa memória e são imensas!!!
Beijinhos